Porcelana: cem séculos de história da cerâmica mais badalada do mundo

Porcelana: cem séculos de história da cerâmica mais badalada do mundo

Você conhece a história da porcelana? O que se sabe é que foi inventada na China, com sua origem e desenvolvimento por meio dos grandes depósitos de caulim, a argila branca essencial para a fabricação da porcelana verdadeira. Uma aventura que começou há mais de dez mil anos, na antiguidade, e continuou com as descobertas e invenções de cada grande dinastia, trazendo know-how, novos materiais, estilos e novas decorações possibilitadas pelo aprimoramento contínuo das técnicas de fabricação.

O aparecimento da cerâmica no período antigo

Considerando as condições de queima particularmente exigentes das primeiras cerâmicas, elas datam da China na dinastia Shang, cerca de 3.500 anos atrás. As cerâmicas da dinastia Shang, (1767-1122 aC), permaneceram em continuidade; os artesãos, porém, procuraram aproximar gradativamente a forma e a aparência dos vasos de cerâmica dos vasos de bronze.

O período dos Reinos Combatentes, período de divisão que sucedeu às dinastias Shang e Zhou, ampliou e consolidou as técnicas já existentes e permitiu uma importante inovação por meio da descoberta de esmaltes de chumbo, formados a partir de uma mistura de minério de chumbo, sílica e calcário.

A porcelana chega ao ocidente graças a Marco Polo

As primeiras porcelanas foram feitas na China durante a Dinastia Tang (618-907). As misturas de ingredientes e as técnicas de cozimento em temperaturas muito altas derivam das técnicas utilizadas na fabricação de cerâmica em terracota. Durante a Dinastia Song (960-1279), os imperadores chineses desenvolveram fábricas para produzir porcelana para decorar seus palácios.

Mas, entre os anos de 1275 e 1295, o mercador, embaixador e explorador veneziano Marco Polo, um primeiros a viajar pela Rota da Seda, trouxe do oriente papel, seda crua, marfim, jade, especiarias, macarrão e também a porcelana, além de propagar o uso de moeda de papel no ocidente.

Desde a chegada da porcelana oriental à Europa e da constituição das primeiras coleções, oleiros e alquimistas europeus, incentivados pelos patronos, nunca deixaram de procurar o segredo da porcelana chinesa. De todas as suas experiências, são as dos Medici em Florença, onde foi produzida a primeira porcelana macia, e as dos príncipes franceses no início do século 18, em St Cloud, Chantilly, que são as mais convincentes. Elas dão origem à “porcelana macia”, com a aparência de porcelana chinesa, mas sem a aspereza e o som. Faltava o elemento principal, o caulim ainda desconhecido naquela época na Europa.

Porcelana no Brasil: identidade própria

De acordo com os resultados de pesquisas arqueológicas, a louça nacional do início do século passado não era uma simples cópia da fabricada na Europa. A porcelana produzida aqui no país se caracterizava por sua personalidade única, por meio de estampas e métodos de fabricação próprios.

Segundo o portal porcelanabrasil.com.br, a indústria da porcelana foi introduzida na cidade de Pedreira, interior do estado de São Paulo, em 1914, com a instalação da fábrica de louça dos irmãos Ângelo e Antonio Rizzi, considerada como uma das primeiras indústrias do gênero no Brasil e na América Latina. Mas também há indícios que em 1895 já havia na cidade uma fábrica de louça de barro, cujo proprietário era o Sr. José Maria de Souza.

Pode contar com a Bora, Becora! para deixar tudo mais do que perfeito

Agora que você já se familiarizou com a porcelana, fica aqui o convite para visitar o site Bora, Decora! para compor os seus conjuntos para uma decoração fora de série. A gente se encontra lá. Bora decorar a cozinha pra ficar maravilhosa!

Deixe uma resposta

Leia também
Todos os artigos carregados.
Sem mais artigos para carregar.
Conheça esses produtos