E viva o café da manhã!

E viva o café da manhã!

O desjejum está de fato associado ao amanhecer, hora do dia que marca um começo, um nascimento. Inicia-se um ciclo, pequeno sim, mas, mesmo assim, um ciclo de 24 horas. Na verdade, é positivo porque promete novas oportunidades, alegrias e dinâmicas renovadas. Cabe a todos aproveitar as vantagens desta nova energia. No entanto, isso acontece de acordo com as circunstâncias do café da manhã, se solitário ou em família, na cozinha, na padaria, ou na cama, com a sua melhor companhia.

Bem-vindo à refeição mais importante do dia

Muitos de nós não tomamos café da manhã por falta de tempo ou apetite. Porém, esta primeira refeição deve fornecer a energia necessária para um bom dia. Diz o ditado: “Coma como um rei pela manhã, como um príncipe no almoço e como um pobre no jantar”.

Vários estudos mostram que pessoas que consomem café da manhã balanceado e farto são mais magras e saudáveis ​​do que aquelas que pulam essa refeição preciosa.

Um café da manhã balanceado é inspirado em alimentos sazonais e oferece produtos de diversas categorias. Não é proibido variar os prazeres de um dia para o outro, nem transformar em um pequeno almoço no final de semana ou mesmo durante a semana. As opiniões divergem sobre a necessidade de manter o café da manhã como parte de uma dieta. O desjejum continua sendo uma refeição imprescindível para crianças, adolescentes, idosos e para quem sente fome pela manhã, a fim de evitar “beliscos” fora de hora.

Para que serve o café da manhã?

O café da manhã é fundamental para abastecer o corpo de energia após um jejum noturno. Porque ao contrário do que se pensa, o nosso organismo continua a queimar calorias durante a noite para garantir suas funções vitais (respiração, digestão, batimento cardíaco). O gasto noturno médio é estimado em 60 calorias por hora de sono, o que está longe de ser desprezível. Portanto, é essencial fornecer energia ao nosso corpo pela manhã. Além disso, o café da manhã desempenha um papel importante na regulação da ingestão de alimentos e no controle do apetite durante o dia.

O que comer no café da manhã?

Idealmente, um café da manhã deve fornecer: uma bebida para hidratar o corpo e reanimar suavemente o sistema digestivo (água, chá, café, refresco, isotônico); um produto à base de carboidrato (pães, torradas, bolachas, sucrilhos) ricos em amido, que o manterá satisfeito a longo prazo; um produto um alimento rico em proteínas (ovo, iogurte, queijo, ricota, presunto, peito de peru), uma fruta ou suco de fruta espremido para a absorção de fibras, vitaminas e minerais.

Cardápio balanceado de café da manhã para atletas

Os atletas precisam de energia para lidar com o gasto calórico associado à atividade física. Essa energia deve, por um lado, estar prontamente disponível com açúcares de rápida absorção (geleia, mel, frutas secas), mas também acessível por um período prolongado com açúcares de absorção lenta (pão integral, grãos inteiros, mingau). Deve também fornecer proteínas para garantir a manutenção da massa muscular (presunto, peito de peru, ovo) ao mesmo tempo que é digerível para não ser muito gorduroso.

Torrada com manteiga e geleia com ovos mexidos, uma tigela de queijo fresco e uma compota caseira, um suco espremido na hora.

Uma tigela de granola com adição de frutas secos (morango, banana) e frutas oleaginosas (avelãs, amêndoas), requeijão, com um ovo cozido e um sumo de fruta fresca.

Pronto. Aproveite o seu café da manhã espetacular com a Bora, Decora!

Acesse agora o site Bora, Decora! e tudo o que você precisar para um café da manhã pra lá de especial. A gente se encontra lá. E bora matar a fome!

Deixe uma resposta

Leia também
Todos os artigos carregados.
Sem mais artigos para carregar.
Conheça esses produtos